SALGUEIRO

Home História Administração Dados Gerais Cultura e Turismo Bate-Papo

  Clique aqui! Clique aqui!  

Cultura e Turismo

Salgueiro revela pontos interessantes para visitação como as inscrições rupestres dos sítios Serra das Letras, Pedra da Mão, Pedra das Abelhas e Sítio Paula. No município também podem ser apreciadas construções antigas como a Igreja de Santo Antônio (séc. XVIII) (foto), o casario da praça da Matriz (com destaque para o prédio onde funciona a Câmara dos Vereadores) e o Museu Levino Nunes de Alencar Barros (com acervo referente à história das pessoas ilustres da localidade).

Próspera cidade do sertão pernambucano e importante eixo rodoviário do Estado, Salgueiro atende, em termos de serviços, a diversos municípios situados nas proximidades. Dentre seus atrativos, Salgueiro exibe uma cultura popular de raízes fortes. É imperdível a grande feira livre (realizada aos sábados), que engloba outras feiras, como a do "rolo". Outro atrativo é assistir ao Toré (tradição de origem indígena) e a Dança de São Gonçalo, ocasião onde os fiéis pagam promessas ao santo. Os visitantes podem também dançar o Trancelim em Conceição das Crioulas, assistir o pastoril, ver o bumba-meu-boi, entre outras atrações.

Outro local para visitação é a Casa da Cultura de Salgueiro, onde podem ser encontrados vários tipos de artesanatos locais em couro, papel machê, palha, fibra de caroá e barro. Além do Parque das Crianças, com mini-zoológico, biblioteca e um belo cenário com plantas e lago.

Dentre os eventos registrados no município, destacam-se o carnaval fora de época (Salgueiro folia) - com a presença do ilustre folião Mestre Jaime e sua bicharada - e a Trezena de Santo Antônio, em junho. Em dias de festa, a principal praça da cidade, onde há uma estátua de bronze em homenagem ao Major Raimundo Sá, recebe apresentações populares e shows.

No artesanato, Conceição das Crioulas (distrito de Salgueiro) - reduto de remanescentes negros dos quilombos - se destaca. Seu artesanato é conhecido em todo o Estado. São peças feitas do caruá (planta nativa do sertão) como bolsas, tapetes, toalhas e painéis. Há ainda trabalhos feitos da palha do catulé e cerâmica de barro.

SertaoNet - Maior Provedor de Informações do Sertão Nordestino

© 2002 - 2005 Sertão Networks Ltda - Todos os direitos reservados